Pular para o conteúdo principal

ADVENTISMO DO SÉTIMO DIA



ADVENTISMO DO SÉTIMO DIA

       "Adventista" vem de "Advento" (vinda, referindo a 2ª volta). "Sétimo dia" vem da guarda do sábado. Há outros grupos adventistas: da Reforma, da Promessa, etc.

Origem.
              O adventismo teve origem em Willian Miller. Nascido em 1782, em pesttsfield, estado de Massachussetts, EUA.
             Era um fazendeiro religioso , de família batista, pouco instruído, porém deísta convertido, estudava muito as Escrituras. Em 1818 começou a anunciar que Cristo voltaria nos próximos 20 anos. E em 1831, Miller proclamou que esse evento ocorreria em 23 de março de 1843.
                O entusiamo de Miller foi tão grande e real que muitas pessoas venderam os seus bens, antes do suposto "Grande dia" Numa noite iluminada pelas estrelas acamparam-se os fiéis nas montanhas de Gatskills em Nova York, a espera do Salvador. Como nada ocorreu, explicou ser um simples erro matemárico em seu cálculos.
                   Renovou a data para 22 de Outubro de 1844, quando nessa ocasião compare-
ceram quase 50..000 pessoas à espera do Senhor . Novamente foi decepcionado, retrando-se publicamente e admitindo seus erros proféticos. Morreu em 1849.

História.
                  Fundador: Willain Miller( vale frisar que arrependeu-se, porém o mal já estava feito). Depois de Miller, Hiran Edson, Joseph Bates( institui a obrservância  do sábado), James White e sua esposa Ellen Gould white, eram os mais proeminentes no movimento dos adventistas. Os três grupos juntos deram origem em 1860 ao Adventismo do Sétimo Dia.
                    Um nome que até hoje é frisado é o de Ellen White por causa de seus escritos que causam tanta polêmica, e para os adventistas é quase mais importante que a própria  Bíblia.

Os escritos de Ellen White.
                     Para os adventistas do sétimo dia, os escritos da Sra. Ellen G. White tem a mesma autoridade da Bíblia. Afirmam que a expressão "Testemunho de Jesus" e o Espírito de Profecia" de apocalipse 19;10 são alusões aos escritos de Ellen White. 
                        Vale ressaltar que boa parte dos escritos da Sra. Ellen G. White são plágios. Walter T. Rea em sua obra "Mentira Branca", apresenta tabelas intermináveis erros e contradições em seus escritos.

Crenças errôneas.
* Bode emissário. dizem que o bode emissário do dia da expiação representa Satanás. Assim colocam Satanás com co-autor da redenção. Jesus quem levou nossos pecados (Is 
53.4-6: Mt 8.16-17; 1 Jo 1:9; 1 Pe 2;24; 3;18).

* sábado. A questão não é o sábado em si, mas o fato de que não estamos debaixo do Antigo Concerto ( Hb 8.6-13). O sábado foi abolido- a palavra profética previa a chegada do Novo concerto ( Jr 31.31-33) e o fim do sábado ( Os 2;11 ), que se cumpriu em Jesus ( Cl 2.14-17). Por esta razão, o sábado não aparece nos quatro preceitos de Atos 15.20-29. colossenses 2.16-17 deita por terra todas as teses dos adventistas do sétimo dia.

* Decálogo ( ou os dez mandamentos registrados em Êxodo 20.1-17 e Deuteronômio 5.6-21). dizem os adventistas que a Lei de Deus é o "Decálogo", e a de Moisés é a Lei Cerimonial, ou seja, os demais preceitos que não são universais. Por isso os adventistas logram seguir os mandamentos, inclusive o sábado.

* Os adventistas negam ainda a existência do inferno e a imortalidade da alma ( ensinam que o inferno é um lugar de tormento, somente para Satanás. Crêem que os ímpios e incrédulos vão para um lugar de fogo, onde serão aniquilados rapidamente. E que quando uma pessoa morre, a sua alma dorme, esperando o dia do julgamento.).

* Não crêem que a expiação de Cristo foi suficiente para a purificação dos pecados, diz Ellen White: " não concordamos com a crença geral de que a expiação foi completa na cruz. É geral de que a expiação tem que continuar até o fim do tempo quando Cristo acabar sua trabalho com Sumo Sacerdote no santuário celestial. Quando Cristo derramou seu sangue na cruz, ele não fez expiação, ele perdoou os pecados originais advindos de Adão."

* Ensinam que a salvação depende em grande parte das obras:( a condição para a vida eterna é:" perfeita obediência à Lei de Deus")

* Ensinam que Cristo não estava sem pecado, Ellen White escreveu: " na sua humanidade, Cristo tomou sobre si a nossa natureza caída e cheia de pecado, Cristo herdou exatamente
o que todos os filhos de Adão herdaram: uma natureza pecaminosa".

* Ensinam que certos alimentos constituem pecado ( É pecado comer carne de porco, peixes sem escamas, gorduras de animais, café, chá, e etc. Quem insistir, estaria condena-
ção para si pela desobediencia à Lei de Deus).

                                                                                                              IBADEP 07

Estamos ajudando a sustentar o 
missionário Pr. BENJAMIN PITOMBEIRA da 
IGREJA ASSEMBLÉIA DE DEUS
em PIAUI, está trabalhando em Lagoa de S.Francisco enviado
pelo Pastor Nestor Mesquita presidente da convenção


Seja o nosso contribuinte nesta missão, agradecemos.
 
Deposite 

NOME: ANTONIO CLORESMAR BIZACO
               

CONTA CORRENTE-  CAIXA ECONOMICA FEDERAL
       AG. 0503  CONTA 00022540-4

                 SANTIAGO-RS

OBRIGADA PELA SUA CONTRIBUIÇÃO.
            



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Irmãs Almeida cantando o hino Livre

Minha filha EVelyn louvando ao Senhor

Exercito Chama eterna/Barnabas